O distrito de Praga

Embora o nome possa causar confusão, este distrito de Varsóvia não tem nenhuma relação com Praga, a capital da República Checa. Esse bairro às margens do rio Vístula e que antes tinha uma aparência fria e perigosa, agora conta com coloridos grafites, galerias de arte e museus.

O bairro mais alternativo de Varsóvia

Em frente à Cidade Velha de Varsóvia, na margem oposta do rio Vístula, está a parte mais alternativa da capital polaca: o distrito de Praga. Embora no início fosse um bairro pouco frequentado por turistas devido à sua reputação de perigoso, hoje abriga muitas atrações que merecem uma visita. 

Praga é a área mais antiga de Varsóvia. Esse bairro escapou dos bombardeios da Segunda Guerra Mundial e muitos edifícios datam de antes de 1939, o que não é algo muito comum em Varsóvia. A arquitetura dos edifícios é sóbria e predomina a arquitetura comunista, porém, os numerosos murais e grafites nas ruas dão cor e encanto ao bairro de Praga. 

Hoje em dia, Praga está cheia de grafites relacionados com a história de Varsóvia, galerias de arte, fábricas e museus. A essência histórica de Praga é palpável na rua Mała, onde foram filmadas muitas cenas do filme "O Pianista".

O que fazer em Praga

O distrito de Praga tem uma grande oferta cultural, de galerias de arte a museus. Os museus mais conhecidos no distrito de Praga são o Museu da Vodka Polaca e o Museu do Néon. Você também poderá visitar o Zoológico de Varsóvia, que teve um papel importante durante a ocupação nazista. 

Outra das grandes atrações de Praga é o estádio de futebol PGE Naradowy. O distrito de Praga é, além do mais, uma das melhores áreas de Varsóvia para comer ou para tomar uma bebida em um bar hipster. Se você é uma pessoa alternativa, esse é o seu lugar!